fbpx

PRF resgata adolescente vítima de agressões e prende procurado da justiça por homicídio no Acre

Edntre a tarde da última quarta-feira (7) e a manhã desta quinta-feira (8), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Acre acolheu e encaminhou uma adolescente vítima de maus-tratos familiares e realizou a prisão de um homem com mandado de prisão em aberto, por matar alguém. Os dois casos aconteceram na capital acreana.

Por volta das 17h, do dia 7 de fevereiro, um casal parou na Unidade Operacional de fiscalização (UOP01) da PRF, no bairro Santa Cecília em Rio Branco, para informar que estava com uma adolescente no carro. O homem disse que tinha encontrado a jovem de 15 anos caminhando sozinha pela BR-364. Segundo a adolescente, ela tinha sido vítima de lesão corporal na última terça-feira (6) e que a agressora tratava-se de sua mãe. O motivo da violência teria ocorrido por reprovação escolar. A vítima informou ainda que o Conselho Tutelar estava ciente das agressões e que a violência tem ocorrido com certa frequência, mas que a última teria sido o motivo da saída do lar. Ela ainda teria ficado na casa de um desconhecido antes de sair a procura de uma amiga de infância que mora no distrito de Nova Califórnia, em Rondônia. A jovem apresentava vários hematomas no corpo e foi acolhida pelos PRFs de plantão. Os policiais fizeram a escuta apropriada e a encaminharam para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente. A PRF contou com apoio da Sra. Rila Freze, Diretora de Diretos Humanos do município, para o encaminhamento da vítima.

Na manhã do dia seguinte, policiais rodoviários federais realizavam fiscalizações, na BR-364, quando abordaram o condutor de uma motocicleta, nas proximidades da Corrente. Ao realizar consultas nos sistemas disponíveis, os PRFs confirmaram que a motocicleta estava com licenciamento vencido, o abordado não possuía carteira nacional de habilitação e para o mesmo havia uma ordem judicial de prisão por homicídio qualificado. O mandado de prisão fora expedido no dia 11 de outubro de 2023, pela Primeira Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco, válido até 2043. O homem, que já havia sido preso por outros crimes, estava com ordem de prisão em aberto por matar uma pessoa com apoio de outro indivíduo. Diante dos fatos, o veículo e o procurado de 29 anos de idade foram encaminhados para a Delegacia Central de Flagrantes.

PRF: ontem, hoje e sempre !!!

Neste artigo

plugins premium WordPress