em

Morava na Cidade do Povo, cortou a tornozeleira e sumiu no Dia da Independência em 2019. Foi pêgo neste sábado, 25/1 

  

Ele morava na Cidade do Povo, em Rio Branco e era monitorado do sistema penitenciário do Acre. Um dia, ele decidiu cortar o lacre do GPS e desapareceu.  

Mas não por muito tempo. Policiais Penais da Unidade de Monitoramento Eletrônico de Presos de Brasileia recapturaram na tarde deste sábado, dia 25 de janeiro, o foragido João Nascimento Pereira. Ele morava no bairro Cidade do Povo, em Rio Branco, quando cortou a tornozeleira eletrônica em 7 de setembro de 2019. 

De acordo com a equipe de plantão, a unidade recebeu a informação de que João Nascimento Pereira atuava como monitor de uma clínica de recuperação no município em que foi recapturado. Os policiais se dirigiram até o local indicado pelos denunciantes e encontraram o foragido, momento em que realizaram a prisão. 

Devido a evasão, a Vara de Execuções Penais de Rio Branco expediu mandado de prisão em 04 de outubro de 2019, que foi cumprido neste sábado. De acordo com o documento, o reeducando teve a regressão cautelar para o regime fechado e deverá ser conduzido ao Complexo Penitenciário de Rio Branco. 

Ainda de acordo com o mandado, cumprida a ordem de prisão, uma audiência de justificação será agendada, com urgência, efetivando as necessárias requisições e intimações. 

 

 

Publicado porEdmilson Ferreira

Custo com habitação cresceu 5,85% em Rio Branco em 2019 

Petecão apoia controle de espécies exóticas no País; alvo é o javali