fbpx

Antônia Lúcia ataca Moraes de “miliciano, faccionado e pilantra da pior espécie”

A contenda que envolve a deputada federal Antônia Lúcia e o deputado estadual Manoel Moraes teve uma atualização neste domingo, 10, com nova publicação sobre a confusão da parlamentar na rede social da parlamentar.

No Instagram, Antônia Lúcia voltou a fazer graves acusações contra Moraes e citou um suposto “dossiê fraudulento” que o parlamentar estadual estaria pretendendo usar contra ela, envolvendo o nome de seu pai, que, segundo ela, foi delegado do antigo território federal do Acre.

“Estarei aqui na Câmara Federal esperando o teu dossiê fraudulento, seu mentiroso, miliciano, caluniador, pilantra da pior espécie”, ela diz na publicação.

A deputada também xinga Manoel Moraes de faccionado e faz menção à um crime cometido contra um familiar dele, assassinado há cerca de dois anos, deixando clara insinuação de que o deputado teria conhecimento das motivações.

“Por que você achas (sic) que teu sobrinho levou cinco tiros na cara há 600 dias em praça de alimentação?”, provoca.

A guerra entre os dois deputados começou após ela denunciar que as netas foram vítimas de violência física e sexual por parte do filho de Manoel Moraes, o empresário Christian Sales, marido da filha de Antônia, Gabriela Câmara.

Sales nega as acusações e atribui a atitude da sogra à tentativa de tomar a guarda das netas. Em depoimento à polícia em Brasília, a que o ac24horas teve acesso, uma das netas da parlamentar e filha de Gabriela neta as afirmações da avó.

Em nota divulgada há alguns dias, o deputados Manoel Moraes se manifestou à respeito da situação e acusou Antônia Lúcia de ter sequestrado as netas, dizendo, inclusive, que a denunciaria por isso. Segundo ele, a parlamentar passou a forjar provas e a pagar testemunhas para sustentar suas acusações.

Neste artigo

plugins premium WordPress