em ,

Crise no governo Cameli? Porta voz “demitido” teria desagradado membros do primeiro escalão

A jornalista Mirla Miranda ocupará o cargo deixado por Wenceslau

O jornalista Rogério Wenceslau não é mais o porta-voz do Governo do Estado. A informação foi confirmada neste sábado, 16, por meio de uma nota assinada pela secretária de Comunicação, Silvânia Pinheiro. O decreto de exoneração deve ser publicado nos próximos dias.

De acordo com a nota, a decisão do desligamento de Wenceslau foi tomada “mediante consenso acerca de reformulações necessárias no setor da Comunicação do Governo do Estado”.

Nos bastidores, comenta-se que a exoneração de Wenceslau ocorreu em decorrência da extinção da função de porta-voz. Há quem diga que ele andou desagradando algumas figuras importantes do primeiro escalão de Gladson Cameli. Existe ainda a teoria de que o próprio jornalista teria pedido para se afastar do cargo tendo em vista desconfortos com alguns colegas.

No entanto, logo no começo da tarde deste sábado, vazou na imprensa a informação de que a jornalista Mirla Miranda ocuparia o cargo deixado por Wenceslau, derrubando, assim, a tese de que a função de porta-voz seria extinta.

Publicado porDa Redação

Pronto Socorro de Rio Branco será privatizado? Aleac se prepara para iniciar discussão

Sacou arma em abordagem e reação da polícia surpreende