fbpx

Sesacre emite recomendações sobre Covid-19 nas penitenciárias

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Atenção Primária, Políticas e Programas Estratégicos, segue emitindo recomendações que possam preservar a vida de agentes penitenciários e reeducandos do sistema prisional do estado, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Conforme Luiz Carlos Marinho de Figueiredo, chefe do setor, o corpo de técnicos da Sesacre já vem auxiliando o Departamento Penitenciário Estadual do Acre com insumos e medicamentos destinados aos policiais penais e à população carcerária, antes mesmo da disseminação da Covid-19, em estratégias de prevenção de outras doenças.

Mas nesse momento, em especial, a pasta reforçou as ações e continua emitindo notas técnicas para informar os agentes penitenciários, e as pessoas privadas de liberdade, sobre a melhor forma de enfrentar o coronavírus dentro dos complexos penitenciários do Acre.

“O sistema prisional nunca para, e é imprescindível, portanto, que mantenhamos a sua operação, garantindo a segurança e a saúde dos agentes penitenciários, da população carcerária, da equipe de saúde prisional e até dos visitantes”, ressalta Luiz Figueiredo, chefe do Departamento de Programas Estratégicos da Sesacre.

Ele observa que há um crescimento no número de casos de contaminação por Covid-19 no sistema penitenciário no estado, segundo os boletins diários da Sesacre, por meio do seu Departamento de Vigilância em Saúde. E que o setor, do qual ele representa, continuará emitindo informações com base no que recomenda a Organização Mundial de Saúde, e os próprios técnicos da pasta, para conter a pandemia e prevenir o contágio dentro dos presídios.

A Divisão da Saúde das Populações Prioritárias e Vulneráveis, da Sesacre, foi a responsável pela nota técnica, a sétima emitida diretamente ao Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre, o Iapen, que tem a adesão da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional, a PNAISP.

Neste artigo

plugins premium WordPress