em

Cameli: “Não tolerarei os corruptos”

O governador Gladson Cameli começou o governo com um tom firme: avisou aos novos secretários empossados nesta quarta-feira, dia 02, que não vai aceitar que a equipe montada por ele e o vice-governador Wherles Rocha, pratique corrupção ou se envolva em escândalos que prejudiquem a imagem e o próprio governo.

Ao discursar na cerimônia de posse, nas escadarias do Palácio Rio Branco, Cameli pediu honestidade por parte dos novos gestores e alertou que ambos precisam “encarar de frente os problemas que podem atrasar o nosso estado”, citando “a corrupção, a falta de recursos e a acomodação” daqueles que são pagos para fazer o Estado avançar.

“Sejam honestos, pois é essa mais que uma recomendação, é uma exigência. Não tolerem a corrupção, porque eu não tolerarei os corruptos”, pontuou o Cameli ao lembra que os secretários têm, a partir de hoje, 120 dias para apresentar resultados positivos, caso contrário poderão ser demitidos pessoalmente.

“Dei um prazo de 120 dias para que esses novos secretários nos mostrem os resultados. Acordei hoje com mais vontade, com mais determinação e coragem para enfrentar todos os desafios que o Acre tem. A caneta que nomeia, é a mesma que exonera”, completou Cameli. Uma posição já manifestada há algumas semanas, e que parece ser lema no novo governo.

Cameli, que utilizou critérios técnicos, políticos e de experiência para nomear os novos secretários, destacou que conta com cada um deles, e que ninguém tem mais poder ou importância que o outro. “Saibam que foram chamados por suas qualidades e pelos trabalhos que vocês realizaram. A partir de agora os senhores terão de apresentar respostas para o nosso povo. Todos serão cobrados”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acreanos morrem em acidente em estrada argentina

Novo secretário de Segurança Pública diz que população terá ‘sensação de paz’ em 10 dias