fbpx

Hemácio, o novo mascote do Hemocentro, comanda nova campanha por doação de sangue no Acre

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre (Hemoacre) realizou neste sábado, 25, uma grande festa para homenagear doadores de sangue, na semana em que se comemora o Dia Nacional do Doador. Como parte da celebração, Hemácio, o novo mascote do Hemocentro, foi apresentado ao público.

Uma grande festa foi realizada neste sábado para homenagear os doadores. Foto: Luan Martins/Sesacre
Com direito a DJ, corte de cabelo, bolos, brindes como cestas básicas e presentes diversos, a festa ocorreu durante toda a manhã de sábado. Um dos doadores que mais salvou vidas por meio de suas doações é Sérgio Brasil, que passou a doar a partir da doença do filho, ainda em 2016.

Sérgio passou a doar em 2016 e disse que mantém as doações de sangue e plaquetas como um propósito de vida. Foto: Luan Martins/Sesacre
“Tenho 53 anos e o meu filho, Samuel, quando tinha quatro anos, foi diagnosticado com leucemia e eu vim doar sangue para o meu próprio filho. Graças a Deus, hoje ele está curado e eu fiz um propósito para ser doador de sangue até o fim da vida”, destacou Sérgio Brasil, pai de Samuel, hoje com 11 anos de vida e curado da leucemia.

Segundo a gerente geral do Hemoacre, Thereza Pinheiro, a festa foi a oportunidade de agradecer aos doadores.

“É uma data para a gente homenagear os doadores de sangue que estão sempre aqui conosco, fazendo esse gesto voluntário, altruísta, se desviando do seu dia a dia para vir aqui fazer sua doação de sangue. Isso tem que ser sempre lembrado e essa data é especial para isso”, destacou Thereza.

Ana Cristina Moraes, secretária adjunta da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), reforçou a importância de doar sangue com frequência.

“A gente precisa conscientizar a população de que a doação de sangue tem que ser rotina na vida das pessoas. A cada três meses, que as pessoas possam comparecer, pois essa ação de doar é uma ação humanitária mesmo e que salva muitas vidas”
Durante a celebração, a influenciadora digital Jessica Ingrede, que é doadora de sangue e de plaquetas, foi apresentada ao público como madrinha do Hemoacre.

“Fico muito feliz [em me tornar madrinha do Hemoacre] porque eu sempre tive essa vontade de doar sangue, então quando eu cheguei na idade e no peso ideal, foi uma das primeiras coisas que eu busquei. Eu tinha um irmão que precisou de doação de sangue na época que estava internado, então eu entendo a importância [da doação] e pra mim, como influenciadora, levar essa informação adiante é uma honra”, ressaltou Jéssica.

Neste artigo

plugins premium WordPress