fbpx

  Gladson lamenta falecimento do  médico acreano cujo nome batiza navio hospitalar da Marinha     

O governador Gladson Cameli emitiu nota de pesar pelo falecimento do médico acreano Manoel Braga Montenegro, ocorrido na noite desta segunda-feira, 17, em sua residência, na cidade de Cruzeiro do Sul.  

Pelo relevante serviço prestado à medicina na Amazônia, o Governo do Acre lembra que Manoel Braga empresta o sobrenome ao Navio de Assistência Hospitalar dr. Montenegro, cedido pelo Governo do Acre à Marinha do Brasil durante o governo de Orleir Cameli.   

“O Governo do Estado rende homenagens póstumas a este médico ilustre que dedicou sua história de vida ao Acre. Que neste momento de dor, a fé e a solidariedade sejam fontes de esperança e consolo para toda a família enlutada”, diz a nota de pesar.  

Leia: 

 

 

 

NOTA DE PESAR 

  

O Governo do Estado do Acre manifesta profundo pesar pelo falecimento do médico Manoel Braga Montenegro, ocorrido na noite desta segunda-feira, 17, em sua residência, na cidade de Cruzeiro do Sul (AC). 

Manoel Braga nasceu em 14 de março de 1927, nas cabeceiras do rio Liberdade, localizado entre os municípios de Cruzeiro do Sul e Tarauacá. 

Formou-se em medicina na 1ª turma da Faculdade de Ciências Médicas, em Belo Horizonte (MG). 

Em 1997, a Marinha do Brasil homenageou o médico acreano, dando ao primeiro navio da armada o nome “Doutor Montenegro”, em razão dos relevantes serviços prestados pelo profissional na região. 

O Hospital Fluvial está atracado no rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, e terminou de ser construído naquele mesmo ano da homenagem, sob encomenda do então governador do Estado do Acre, Orleir Messias Cameli. 

O Governo do Estado rende homenagens póstumas a este médico ilustre que dedicou sua história de vida ao Acre. Que neste momento de dor, a fé e a solidariedade sejam fontes de esperança e consolo para toda a família enlutada. 

  

Gladson Cameli 

Governador do Estado do Acre 

 

 

Neste artigo

plugins premium WordPress