fbpx



Professor da Ufac organiza livro sobre sanções políticas no Brasil

O professor dos cursos de pós-graduação em Ensino Profissional de História e em Letras: Linguagem e Identidade, da Ufac, Francisco Bento da Silva, organizou o livro “Sanções e Coações Políticas no Brasil: Degredos, Desterros, Exílios e Deportações” (editora Thoth, 348 p., R$ 77), em parceria com o professor Antonio Gasparetto Júnior.

Bento é autor do capítulo 3, intitulado “Crônicas, Versos, Poemas e Outras Artes: Os Desterros para o Acre na Literatura”, subdividido nos itens “A Literatura e o Cotidiano: Narrativas do Tempo Presente” e “A Literatura como Crônica dos Desterros para o Acre”.

A obra reúne textos de autores de diversas partes do Brasil, os quais abordam diversas coações sofridas por pessoas anônimas e conhecidas durante a fase imperial até anos recentes da República brasileira. As coações, pensadas no contexto de punições e atos contra indivíduos indesejados com deslocamentos forçados, foram variadas desde o período colonial, com penas como degredo, desterro, exílio, banimento e deportação.

Neste artigo