fbpx

Operação da Policia Civil apreende carros de luxo e bloqueia R$ 500 mil de empresas ligadas a máfia da merenda

A 2ª fase da Operação Mitocôndria, batizada de “Lastro” pela Polícia Civil, deflagrada na manhã desta sexta-feira, 22, cumpriu 11 mandados de busca e apreensão e 1 de...

92 0

A 2ª fase da Operação Mitocôndria, batizada de “Lastro” pela Polícia Civil, deflagrada na manhã desta sexta-feira, 22, cumpriu 11 mandados de busca e apreensão e 1 de condução coercitiva de um sobrinho de um deputado estadual.

A ação teve como alvos a residência e a sede de uma empresa do empresário Manoel de Jesus, e seu sócio administrador formal. Os mandados foram cumpridos em Rio Branco, Xapuri e em Epitaciolândia, além de Porto Velho/RO e Comodoro/MT.

Ao todo foram apreendidos, duas caminhonetes S10, uma Toyota SW4, duas pick-ups Toro e um DODGE RAM 2500 laramie. A ação policial conseguiu localizar cerca de R$ 21 mil em espécie e teve, por determinação judicial, o bloqueio de outras contas bancárias de empresas no valor de R$ 500.000,00.

O objetivo desta fase foi arrecadar bens que possam fazer frente ao prejuízo aos cofres públicos do estado do Acre que, até o momento, no caso da merenda escolar, tem mais de R$ 2 milhões e meio confirmados.

Pelo que foi apurado o sobrinho do empresário preso tinha apenas 19 anos de idade e alegou que nem sabia que tinha carros caros em nome de uma empresa. A polícia deve aprofundar ainda mais as investigações e uma terceira fase ainda não está descartada.

In this article