fbpx

Daniel Zen volta a pedir que bancos ofereçam melhores condições de atendimento durante pandemia

Durante sessão virtual desta terça-feira (19), o deputado Daniel Zen (PT) voltou a falar sobre o projeto de lei que apresentou, onde agências bancárias são obrigadas a fornecerem condições mínimas de dignidade aos seus clientes. O parlamentar solicitou que o PL seja apreciado o quanto antes, uma vez que já foi anunciado o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial do governo federal.

“Essa semana o governo federal anunciou o início do pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial. Logo, veremos novamente aglomerações nas filas bancárias. Algumas prefeituras tomaram a iniciativa de organizar as filas. Nem acho que seja obrigação delas, cabe aos bancos oferecer condições mínimas de dignidade de atendimento aos seus clientes”, ressaltou.

O parlamentar disse que com a aprovação do PL, os bancos serão obrigados a instalar tendas, disponibilizar cadeiras para clientes idosos, oferecer máscaras e demarcar áreas de distanciamento entre as pessoas, a fim de evitar possíveis transmissões do coronavírus. Acrescentou ainda que governo, prefeitura e agências bancárias precisam trabalhar juntos nesse momento.

“Essas medidas possuem baixíssimo custo e evitam muito a possível transmissão desse vírus entre uma pessoa e outra. Quanto maior for o respeito ao isolamento, mais rápido sairemos dessa situação. É preciso endurecer a fiscalização quanto ao cumprimento de medidas básicas de isolamento. Finalizo fazendo um apelo, estamos tendo falta de medicamentos no Unacon, pacientes estão ficando sem um medicamento essencial para a realização de quimioterapia. Que o governo, por meio da Sesacre, veja isso”, concluiu.

Assessoria

Neste artigo

plugins premium WordPress