em

Presidida por Petecão, comissão da Carteira Verde-Amarela aprova calendário de trabalho 

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Plenário discute Medida Provisória N° 650, de 2014 que dispõe sobre a reestruturação da Carreira Policial Federal, alterando a Lei nº 9.266, de 15 de março de 1996, e sobre a remuneração da Carreira de Perito Federal Agrário, alterando a Lei nº 10.550, de 13 de novembro de 2002; altera a Lei nº 11.358, de 19 de outubro de 2006, revoga dispositivos do Decreto-Lei nº 2.320, de 26 de janeiro de 1987; e dá outras providências. Em discurso, senador Sergio Petecão (PSD-AC). Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Sob presidência do senador  Sergio Petecãp, a comissão mista que examina a medida provisória do Contrato de Trabalho Verde-Amarelo (MP 905/2019) aprovou seu plano de trabalho nesta terça-feira (4). 

De acordo com o plano, o relatório do deputado Christino Aureo (PP-RJ) será apresentado depois de quatro audiências públicas, no dia19 de fevereiro, e votado após o carnaval, em data ainda não agendada. 

Em 27 de março esgota-se o prazo para votação da MP pela Câmara dos Deputados. Na falta de deliberação final do Senado, a MP perde a validade em 20 de abril.

O relator admitiu o tempo exíguo para discussão da matéria e votação do relatório, mas prometeu “esforço concentrado” diante da apreciação das 1.928 emendas apresentadas — um recorde em medidas provisórias — e requerimentos de quase 100 nomes para audiências públicas. (ANG)

Publicado porEdmilson Ferreira

CNM alerta: aumento do salário mínimo traz impacto  de R$2,1 bi na folha das prefeituras       

  Concurseiros bombam buscas do Acre no Google; reforma administrativa pode acabar com sonho da carreira estável