em

Fugas levam à suspensão das visitas íntimas nos presídios do Acre   

 

O presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) Lucas Gomes anunciou na noite desta terça-feira (21) a suspensão das visitas íntimas nos presídios do Acre. O aparato policial penal está envolvido nas providências que visam evitar novas fugas como a de segunda-feira, em que 26 detentos escaparam do presídio Francisco d´Oliveira Conde, em Rio Branco.  

“Caso tudo ocorra dentro da normalidade, as visitas retornarão no próximo final de semana”, informa Gomes, em nota. Veja: 

 

 

 

NOTA PÚBLICA 

  

O Governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), informa a suspensão da visita íntima  no complexo penitenciário de Rio Branco nesta quarta-feira, 22. 

A suspensão se dá em decorrência de uma série de procedimentos realizados nos estabelecimentos prisionais para garantir a segurança e impedir novas fugas. Revistas constantes e verificação de estrutura vêm acontecendo no interior de todos os presídios do estado. 

A suspensão objetiva também garantir a segurança e a integridade física de servidores e visitantes. 

Todo o efetivo de policiais penais se encontra empregado na situação até o final desta semana e nas buscas pelos foragidos. Caso tudo ocorra dentro da normalidade, as visitas retornarão no próximo final de semana. 

Por fim, o Iapen esclarece que a suspensão das visitas foi devidamente informada ao Poder Judiciário. 

 

 Rio Branco – Acre, 21 de janeiro de 2020 

 Lucas Gomes 

Presidente do Iapen 

Publicado porEdmilson Ferreira

  Mesmo com  onda de violência, 89% dos empresários  acreanos estão otimistas com 2020     

Polícia Militar frustra tentativa de sequestro em Rio Branco