fbpx

Estado entrega mais de 300 certificados em cursos profissionalizantes

“Agora que eu concluí o curso, quero continuar me desenvolvendo mais para poder continuar trabalhando nessa área”, afirma orgulhoso o estudante Kevin Cordeiro Silva, que recebeu nesta segunda-feira, 18, o certificado de operador de computador em solenidade realizada no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em Rio Branco, onde o governo do Acre, por meio da Secretaria de Habitação e Urbanismo (Sehurb), certificou mais 300 estudantes concluintes de cursos profissionalizantes residentes da regional do São Francisco.

O evento celebra os frutos do convênio 350.961.29-2011 firmado pelo Estado com a Caixa Econômica Federal, desenvolvido através do Contrato nº 076, celebrado entre a Sehurb e o Senac. Os trabalhos foram desenvolvidos por meio do acompanhamento técnico social, destinado a gerar emprego e renda para 1.060 famílias nas localidades do Igarapé Fidêncio, incluindo 42 famílias no Loteamento Andirá, além dos bairros Ouricuri e Placas. Essa iniciativa integra-se ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), viabilizado pelo convênio, durante o período de fevereiro a outubro de 2023.

“Agora eu quero arranjar um emprego, porque me sinto confiante. A gente faz esses cursos para se socializar mais nessas áreas. Está chegando o Natal, e podemos fazer uma renda extra fazendo doces para vender”, afirma a estudante Maria Eduarda Guedes de Almeida, que concluiu três – Atendente de Farmácia; Aperfeiçoamento no Preparo de Salgados; e de Sobremesas – dos 24 cursos profissionalizantes que foram ofertados.

“É um compromisso do governo Gladson Cameli capacitar a comunidade, levando a profissionalização para que possam ter uma renda extra ou até tornar-se a renda principal de suas famílias. É um investimento de mais de R$ 280 mil do governo do Estado, que gerou mais de 300 novos profissionais para se inserir no mercado de trabalho”, frisou o secretário de Habitação e Urbanismo, Egleuson Santiago.

Programa de Aceleração do Crescimento no Acre
Segundo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS), o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foi lançado em janeiro de 2007, com o objetivo de acelerar o crescimento econômico, aumentar o emprego e melhorar as condições de vida da população brasileira.

O programa consiste em um conjunto de medidas destinadas a incentivar o investimento privado, aumentar o investimento público em infraestrutura e remover obstáculos – burocráticos, administrativos, normativos, jurídicos e legislativos – ao crescimento.

Em setembro, o governo brasileiro lançou uma nova versão do programa, com previsão de investimentos de R$ 240 bilhões, o chamado Novo PAC tem foco em projetos de infraestrutura, como energia e logística, mas, desta vez, considera também inclusão digital, transição energética, ciência e tecnologia, e educação e saúde.

No Acre, o Novo PAC investiu R$ 26,6 bilhões em obras para melhorar a vida da população acreana. No conjunto de obras do programa estão as mais importantes para o Acre, como a restauração da BR-364, a ponte sobre o Rio Juruá, a nova maternidade de Rio Branco e moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Neste artigo

plugins premium WordPress