fbpx

Se alguém resolver comparar os investimentos do governo Lula no Acre nos primeiros 11 meses de 2023 com os quatro anos do ex-presidente Jair Bolsonaro (2019-2022), o capitão perde. Porém, se for realizada uma pesquisa avaliando os dois, Bolsonaro ainda vence o petista.

O que pode explicar esse fenômeno eleitoral, a rejeição a Lula? É uma questão com o PT local, já que em outros lugares Lula conseguiu reverter a situação? O partido não tem sequer um vereador na capital, deputado estadual e federal nem pensar.

Seu maior expoente, o ex-governador Jorge Viana, obteve 30% dos votos na última eleição, ficando em segundo lugar. O governador Gladson Cameli (PROGRESSISTA) obteve mais de 50% e venceu no primeiro turno. Lula 30%, Bolsonaro 70%.

É necessário considerar que 30% ainda é uma parcela significativa do eleitorado. Embora Lula tenha investido mais no Acre, Bolsonaro ganha em popularidade. A rejeição a Lula pode ser reflexo de questões locais com petistas, que perdeu força na região. O desafio do PT é converter o capital político de 30% dos votos de Jorge Viana em vitória em 2026. O PT vive o drama: “A Espera de um Milagre”.

Seja o verdadeiro amigo do seu amigo. Devolva presente por presente. Retribua o riso com o riso novamente, mas a traição com a traição”. (Provérbio Viking)

. O prefeito Tião Bocalom (PROGRESSISTA) andou acertando os ponteiros do relógio com o Partido Liberal para disputar a reeleição.

. De quebra, pode conseguir o apoio do União Brasil e Republicanos, mas precisa fazer uma reconciliação com o senador Alan Rick e o deputado federal Roberto Duarte.

. Por outro lado, o núcleo do governo ainda vai tentar manter Alan na órbita da futura candidatura de Alysson.

. A maior dificuldade é que Alan Rick e a vice-governadora Mailza Assis (PROGRESSISTA) estão em rota de colisão e devem trombar em 2026.

. As pesquisas sobre o governo Lula mostradas no JN revelam que a situação do presidente Lula não é confortável.

. Mais de 50% não confia no seu governo.

. O Bolsonaro pode ser inelegível por oito anos, mas o bolsonarismo não!

. E o nome de Michele Bolsonaro vem sendo testado pelo PL para o Senado em vários estados.

. A indicação de Flavio Dino para o STF está se revelando um tiro pela culatra do governo Lula.

. Deu na revista Veja!

. Na primeira semana de janeiro a maioria das pessoas que dependem dos serviços públicos percebe que nada mudou; eram só festas!

. Como diz o Macunaíma:

. Caminhando e cantando/ e seguindo a canção/ não somos nada iguais/ braços dados ou não…

. E a deusa do Vale, Macunaíma?!

. “Tá mais prá demônio”!

. Ôxi, home!!!

. Bom dia!

Neste artigo

plugins premium WordPress