fbpx



Acre sedia evento para debater sobre Plano de Cidades Inteligentes de Rio Branco

Nesta terça (27 de abril), às 10h (horário de Brasília), o Connected Smart Cities & Mobility, iniciativa da Necta, realiza o Encontro Regional Rio Branco para debater sobre as iniciativas de smart cities no contexto da capital acreana. A edição faz parte da agenda de eventos regionais da plataforma, em 2021, em todas as capitais do País, contemplando 27 ações, entre fevereiro e agosto. O primeiro encontro foi realizado em Salvador; seguido por Vitória; Belém; Campo Grande; Curitiba; Maceió; Manaus; Recife; e Rio de Janeiro. Inscrições gratuitas em: http://evento.connectedsmartcities.com.br/eventos-regionais/
O Encontro Regional Rio Branco é o 10º da agenda e faz parte das iniciativas da sétima edição do evento nacional Connected Smart Cities & Mobility, que acontece, em São Paulo, entre os dias 1o  e 3 de setembro de 2021, e conta com programação pré-evento.

A iniciativa reunirá especialistas em smart cities e acontece ao vivo, em formato virtual, com destaque para a programação, com a apresentação do Plano de Desenvolvimento de Cidades Inteligentes para Rio Branco e dos indicadores de desenvolvimento, no contexto do Ranking Connected Smart Cities. Conforme o estudo, no recorte regional, Rio Branco é a 3ª cidade mais bem posicionada da Região Norte, a 10ª posição no recorte de Mobilidade (com a melhor colocação no Norte), e a 68ª colocada entre as cidades com 100 a 500 mil habitantes.

“Somos a principal plataforma do ecossistema de cidades inteligentes e mobilidade urbana no Brasil e fomentar esse tema da forma mais abrangente possível faz todo o sentido para o nosso trabalho. Os encontros e outras atividades permitem que o debate e as boas práticas para a cidades e a mobilidade urbana alcancem mais municípios. E, assim como nas demais regiões, teremos uma agenda importante na capital acreana. Para tanto, contamos com o envolvimento dos vários atores com atuação no desenvolvimento mais sustentável das cidades”, disse Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility.
Rio Branco no Ranking Connected Smart Cities

A programação do Encontro Regional Rio Branco conta com a apresentação dos destaques da cidade no Ranking Connected Smart Cities, que compreende 70 indicadores segmentados em 11 eixos temáticos: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, educação, saúde, segurança, energia, empreendedorismo, tecnologia e inovação, governança e economia e adapta os principais estudos internacionais e a ISO 37.122, referente à indicadores para cidades inteligentes.

Além dos resultados gerais, o Ranking CSC traz análises segmentadas pelos eixos temáticos, permitindo uma visão Regional do Brasil, considerando o porte de municípios que, no caso de Rio Branco, está inserido no recorte das cidades com 100 a 500 mil habitantes.

Willian Rigon, diretor e sócio da Urban Systems e Connected Smart Cities, que também coordena o estudo, cita que, na última edição do Ranking, Rio Branco não figurou entre as 100 cidades mais bem posicionadas no Ranking Geral, que inclui todos os municípios, bem como em 2019.

“A capital possui também destaques importantes, como a 10ª posição no recorte de Mobilidade, sendo a melhor colocada no Norte, onde a disponibilização de ciclovias atinge 69 km por cem mil habitantes. As conexões interestaduais e aeroviárias também possuem papel importante e proporcionam a redução de distância da cidade em relação aos centros de negócios”, disse.

Outro ponto está relacionado ao Empreendedorismo e Tecnologia e Inovação que se inter-relacionam, ou seja, são conectados aos demais indicadores. A cidade conta com 2 incubadoras de empresas, segundo dados da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec). O Aquiri Valley, na língua dos Apurinãs, Aquiri significa “Rio dos Jacarés”, e concentra o ecossistema de empreendedorismo de inovação do Estado do Acre, e tem incubado empresas e startups.

“A capital acreana possui 35% da banda larga disponível com velocidade superior a 34 megabytes, 32,9% dos empregos formais, quase 1/3 deles, ocupados por profissionais com ensino superior, ou seja, com empregos qualificados, além de investimento per capita, em educação, superior a R﹩ 400 reais por habitante. E quando pensamos em indicar um investimento no desenvolvimento futuro da cidade, podemos ressaltar a representatividade do setor de educação, pesquisa e desenvolvimento, que já representa 5,9% dos empregos formais da cidade”, conclui Rigon.

Palestrantes Encontro Regional Rio Branco

Estão confirmados: o diretor de Tecnologia de Informação e Comunicação da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict) do Estado do Acre, Adriano Sales; o chefe do Departamento de Apoio às Economias Criativa e Digital do Banco SAFRA ( Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico) de Rio Branco, Gabriel Ribeiro de Novaes Lima; a conselheira Federal pelo Acre e Professora do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR ) e da Universidade Federal do Acre (UFAC), Josélia Alves.

Além do: professor e Assessor de Curso Superior do Centro Universitário U:Verse, Anderson Santos Fernandes; do CEO da Lemobs, Sérgio Rodrigues; do diretor executivo da LiaMarinha, William Pessôa; da CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility, Paula Faria; e do diretor e sócio da Urban Systems e Connected Smart Cities, Willian Rigon.

A programação completa está disponível em: http://evento.connectedsmartcities.com.br/eventos-regionais/
AGENDA

A Agenda proposta para os eventos acontece entre 23 de fevereiro e 24 de agosto de 2021 e contempla os estados/regiões:

Estados Região Nordeste/Cidades: Maceió (AL); Salvador (BA); Fortaleza (CE); São Luís (MA); João Pessoa (PB); Recife (PE); Teresina (PI); Natal (RN); Aracaju (SE);

Estados Região Sul/Cidades: Florianópolis (SC); Curitiba (PR); Porto Alegre (RS);

Estados Região Norte/Cidades: Rio Branco (AC); Macapá (AP); Manaus (AM); Belém (PA); Palmas (TO); Porto Velho (RO); Boa Vista (RR);

Estados Região Sudeste/Cidades: Vitória (ES); Belo Horizonte (MG); Rio de Janeiro (RJ); São Paulo (SP);

Estados Região Centro-Oeste/Cidades: Brasília (DF); Campo Grande (MS); Cuiabá (MT); Goiânia (GO).
Connected Smart Cities

O Connected Smart Cities funciona como uma plataforma completa de conteúdo com múltiplos canais e formatos que permitem aos profissionais do ecossistema de cidades inteligentes acesso aos conteúdos: crível, analítico e relevante, por meio do: Ranking, evento, Prêmio, Learn e o portal, além do Connected Smart Mobility, que conta com site e conteúdo dedicado às discussões relacionadas a mobilidade urbana no Brasil.

O Connected Smart Cities & Mobility conta com um alcance de mais de 15 mil pessoas mensalmente, 19 mil participantes, 1.200 reuniões nas Rodadas de Negócios, 550 marcas participantes, 300 painéis de discussão, 1.100 palestrantes, além de mais de 250 apoiadores. O evento se destaca, ainda, pela ampla participação de prefeituras que, apenas em 2019 (formato presencial), contou com a presença de aproximadamente 300 municípios.

 

SERVIÇO

Connected Smart Cities & Mobility 2021

Mais informações: http://evento.connectedsmartcities.com.br/

Imagens: http://www.flickr.com/photos/connectedsmartcities/albums

Organização: Necta (http://www.nectainova.com.br) e Urban Systems

Encontro Regional Rio Branco

Data: 27/04

Horário: 10h (horário de Brasília)

Inscrições gratuitas em:

Inscrições gratuitas em: http://evento.connectedsmartcities.com.br/eventos-regionais/
Obs.: O credenciamento para os profissionais de imprensa está disponível em: http://evento.connectedsmartcities.com.br/credenciamento-imprensa/

 

 

Sobre o Connected Smart Cities & Mobility

O Connected Smart Cities & Mobility, principal plataforma especializada no mercado de cidades inteligentes e mobilidade urbana no Brasil e uma das maiores da América latina, foi desenvolvida pela Necta e a Urban Systems e envolve empresas, entidades e governos. A iniciativa tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.
Ranking Connected Smart Cities: estudo desenvolvido pela Urban Systems, por meio de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Necta. Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o Ranking considera conceito de conectividade, investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidade econômica. Todos os indicadores do Ranking Connected Smart Cities 2020 estão disponíveis em: http://conteudo.urbansystems.com.br/csc_urban_atual

Neste artigo