fbpx

Operação das Forças Armadas já aplicou mais de R$530 mil em multas por crimes ambientais no Acre

 

 

A primeira semana da Operação  Verde Brasil II promoveu ações repressivas no Estado do Acre e aplicou multas que chegam a  R$ 530.814,23.

Nesta fase, o Comando Conjunto Príncipe da Beira definiu como base de ação os  assentamentos da Gleba Afluente, uma unidade de conservação entre Manoel Urbano e Feijó.

Além disso, diversos materiais foram apreendidos:  11 motosserras, 10 armas cano longo (rifle e espingardas) de calibres diversos, 1 revólver .38, 56 cartuchos, 3 celulares, 2 pulverizadores, 1 soprador e 1 luneta.

A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pela Vice-Presidência da República em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública.

A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal. A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020, e tem validade para o período de 11 de maio a 10 de junho do corrente ano. (Com Revista Operacional)

 

 

 

Neste artigo

plugins premium WordPress