fbpx

MPT destina R$480 mil em dinheiro recuperado de crimes trabalhistas para Feijó  e Tarauacá combaterem  Covid-19

 

O Ministério Público do Trabalho atualizou os valores destinados à prevenção e combate ao Covid-19 nos Estados: instituições dos  municípios de Feijó e  Tarauacá receberam  R$480 mil para combater a doença.

O dinheiro é  fruto de indenizações por danos morais coletivos ou multas trabalhistas, que têm por finalidade a reparação da sociedade pelos prejuízos causados por empregadores, com violações trabalhistas que afetam inclusive o sistema de saúde.

Segundo levantamento do MPT,  o montante revertido já chegava a R$ 203,1 milhões nesta segunda-feira, dia 27, em todo o País.  Os valores foram garantidos por decisões da Justiça do Trabalho ou por acordos extrajudiciais (Termos de Ajustamento de Conduta) e beneficiam pelo menos 25 estados do Brasil e o Distrito Federal.

Foram destinados, por exemplo, recursos para garantir equipamentos de proteção individual a profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à doença, compra de respiradores, ventiladores pulmonares, kits de testagem para saber se a pessoa contraiu o vírus, para pesquisas.

Neste artigo

plugins premium WordPress