em

  Tarauacá adota medidas contra Coronavírus e aldeias se fecham à visitação        

 

A Prefeitura de Tarauacá suspendeu as aulas na rede municipal por trinta dias a partir desta quarta-feira (18), confdrme informou a Rádio Aldeia FM. Outras medidas adotadas pela prefeita Marilete Vitorino visam barrar a entrada da doença na região:  estão proibidas, por exemplo, as aglomerações de pessoas na cidade.  

As medidas vieram em boa horam pois notícias falsas, as fakes news,  assustaram a população de Tarauacá neste começo de semana. Em meio à pandemia mundial de Coronavírus, as redes sociais espalharam mentiras sobre a presença de turistas estrangeiros na cidade.  

Estrangeiros que iriam visitar aldeias indígenas de Tarauacá procuraram uma unidade de saúde para pedir o exame do Coronavírusque  dando negativo seria o documento para ingresso nas aldeias. Como em Tarauacá não faz o teste e tiveram a notícia de que as aldeias não estão recebendo turistas eles voltaram para Cruzeiro do Sul para seguirem seu destino.  

O simples pedido pelo exame fez circular fake news que esses turistas estariam com o Coronavírus, o que gerou clima de terror na cidade.  De toda forma, os turistas não conseguiriam entrar nas aldeias, que estão fechadas à visitação estrangeira. Apenas os moradores circulam nas reservas.  

O presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena, Francisco Kaxinawá, confirmou  nesta quarta-feira (18) que está restrito o acesso de visitantes, estrangeiros ou não, nas aldeias do Acre, devido ao Coronavírus.    

 

Publicado porEdmilson Ferreira

PRF já apreendeu 8,6 mil pacotes de cigarro contrabandeado no Acre em 2020

De movimentado a um vazio amedrontador: o Centro da capital do Acre em tempos de Coronavírus