fbpx

Peru fecha fronteira e lota Assis Brasil de haitianos; prefeito pede socorro       

  A BBC traz nesta quarta-feira (18) um reportagem mostrando o drama dos haitianos ‘presos’ em Assis Brasil após o fechamento da fronteira pelo Governo do Peru.   “Há três dias,...

6 0

 

A BBC traz nesta quarta-feira (18) um reportagem mostrando o drama dos haitianos ‘presos’ em Assis Brasil após o fechamento da fronteira pelo Governo do Peru.  

“Há três dias, um grupo de pelo menos 105 imigrantes haitianos — entre eles, dezenas de crianças — ocupa as ruas e praças do município de Assis Brasil, a cerca de 340 km de Rio Branco”, conta a BBC.  

Esse número deve aumentar, segundo o prefeito Zum. Ônibus com cerca de 200 imigrantes haitianos são esperados na rodoviária nas próximas horas. Esse fluxo deve continuar nos próximos dias. 

Assis Brasil, de 12 mil habitantes, é uma rota tradicional para a entrada e saída de pessoas do país. Diariamente, ônibus desembarcam no local com pessoas dispostas a deixar o Brasil, rumo ao Peru e à Bolívia. 

Dessa vez, centenas de haitianos estão tentando entrar no Peru, mas o país latino-americano fechou suas fronteiras para tentar impedir a disseminação do coronavírus — já foram registrados 145 casos por lá. O mesmo ocorre com a Bolívia, que teve 12 casos confirmados. 

A situação do município é “desesperadora” e “dramática”, porque a maior parte dos imigrantes já não tem mais dinheiro nem comida, diz a BBC.  A cidade, segundo o prefeito,  não tem estrutura nem verba para abrigá-los de maneira adequada. 

“Muitos estão nas ruas e nas praças, dormindo no chão, pedindo comida”, disse o prefeito à BBC, por telefone. “Mandei um áudio pedindo socorro para o governador” 

Assis Brasil, de 12 mil habitantes, é uma rota tradicional para a entrada e saída de pessoas do país. Diariamente, ônibus desembarcam no local com pessoas dispostas a deixar o Brasil, rumo ao Peru e à Bolívia. 

Dessa vez, centenas de haitianos estão tentando entrar no Peru, mas o país latino-americano fechou suas fronteiras para tentar impedir a disseminação do coronavírus — já foram registrados 145 casos por lá. O mesmo ocorre com a Bolívia, que teve 12 casos confirmados. 

Com BBC News Brasil 

 

 

In this article