em

Modelo de gestão do Amazonas é base para Controladoria Geral do Acre       

 

Asscom CGE/AM 

O modelo de gestão da Controladoria-Geral do Estado do Amazonas (CGE-AM) servirá como parâmetro para a estruturação da Controladoria-Geral do Estado do Acre. A parceria será viabilizada por meio de Termo de Cooperação Técnica entre os Estados.  

A proposta para o trabalho conjunto foi anunciada no encerramento da Semana de Capacitação e Planejamento do Controle Interno da CGE 2020, na sexta-feira passada, dia 14. O evento contou com a presença do controlador-geral do Amazonas, Otávio Gomes, e do controlador-geral do Acre, Luís Almir Brandão Soares. 

O convite para a parceria surge após visitas do controlador do Acre à CGE do Amazonas, para conhecer a metodologia de trabalho utilizada em relação ao Controle Interno, à Transparência e à Ouvidoria. 

A previsão é que o Termo de Cooperação Técnica seja assinado no próximo mês, no estado vizinho. Na ocasião, o controlador do Amazonas, Otávio Gomes e os subcontroladores de Controle Interno, Lúcia Magalhães, e de Transparência e Ouvidoria, Rogério de Sá Nogueira, deverão oferecer treinamento e capacitação aos servidores acreanos. 

De acordo com o controlador-geral do Estado do Acre, Luís Soares, atualmente há uma necessidade de estruturação no órgão, o que, segundo ele, inicia no processo de orientação à mão de obra operacional. A CGE do Acre também contará com os departamentos de Controle Interno e de Transparência e Ouvidoria, nos moldes do Amazonas. 

“Contamos com pouco mais de 40 servidores na Controladoria e precisamos de capacitação. Estamos iniciando um trabalho de base, e o apoio do Governo do Amazonas será fundamental neste processo de implantação”, destacou. 

 

 

Publicado porEdmilson Ferreira

Polícia Penal encontra escopeta em residência de monitorado que fugiu em Senador Guiomard

Só Acre escapa da presença do vírus Zika no Brasil