em

Perpétua se diz preocupada com possibilidade de municipalização da segurança no plano antiviolência de Gladson           

A deputada Perpétua Almeida viu no plano de Gladson Cameli a possibilidade de municipalização da segurança pública, algo que a preocupou. Ela estava na reunião convocada pelo governador neste domingo (9) na Biblioteca Pública (e em seguida, Palácio Rio Branco)  junto com as mais altas autoridades do Estado.  

“Saio desta reunião com uma preocupação a mais: 1o  não ouvi do governador um plano de como enfrentar o problema daqui pra frente, e, 2º, li no documento final proposto pelo governo que vai ´viabilizar recursos pra a municipalização da Segurança Pública´. Aí eu pergunto: se o governo do Estado e o governo federal, juntos, ambos com estruturas pra agir, não estão conseguindo impedir o caos, são os municípios que vão conseguir?”, questiona a deputada do PC do B.  

Apesar  de tudo, Perpétua diz que é necessário valorizar  o trabalho da polícia. “Precisamos reconhecer o esforço das nossas polícias, que correm atrás, prendem… O Acre é, proporcionalmente, o Estado do Brasil com o maior número de presos nos presídios, portanto, a polícia trabalha. Estou aqui tentando ajudar”, diz.   

 

Publicado porEdmilson Ferreira

Gladson reúne autoridades em live e internautas não perdoam: “fale menos e age mais”

Bope troca tiros e põe ´boqueiros´ para correr no bairro Altamira, em Rio Branco