fbpx

Mais de 145 mil não se vacinaram contra Covid-19 no Acre

O boletim simplificado emitido pela coordenação do Programa Nacional de Imunização (PNI), na sexta-feira (11) mostra que em quase dois anos de campanha, o Acre ainda não alcançou a cobertura vacinal de 90% da população, com idades entre 3 e 120 anos, aptos a se vacinarem contra a covid-19.

A campanha de vacinação no Acre já dura dois anos. Foto: Neto Lucena/Secom
Do total de 841.771 pessoas, 145.152 ainda não compareceram às unidades para receberem ao menos a 1ª dose do imunizante. Outras 257.459 tomaram a 1ª dose, mas não compareceram para receber a 2ª. As doses de reforço seguem a mesma tendência, apenas 281.142 se vacinaram com a 1ª dose e 76.153 com a 2ª.

“Os imunizantes continuam à disposição da população nas unidades básicas de saúde. Periodicamente realizamos mutirões, reforçamos as campanhas, disponibilizamos vacinação noturna, em feriados e fins de semana, portanto o problema não é falta de ações, as pessoas precisam se conscientizar sobre a importância da vacinação e procurarem se vacinar”, frisou Renata Quiles, coordenadora do PNI no Acre.

A coordenadora monitora os índices de vacinação em todo o Acre. Foto: Odair Leal/Secom
É importante destacar que a vacinação contra a covid-19, não protege contra a infecção ou impede que o vírus seja transmitido, contudo, estudos têm demonstrado que com a ampliação do quadro vacinal, com a entrada de mais faixas etárias na vacinação contra a covid-19, as médias de mortes pela doença caíram vertiginosamente, apesar de a quantidade de casos ter aumentado de forma considerável, o que atesta a eficácia das vacinas. Por esse motivo, é importante manter o ciclo vacinal atualizado.

Neste artigo

plugins premium WordPress