fbpx

Ações de limpeza e desinfecção são intensificadas nos presídios do Acre

Com o aumento dos casos de contaminação por coronavírus entre profissionais do sistema prisional, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC) tem intensificado as ações de limpeza e desinfecção dos espaços das unidades penitenciária de todo o estado. As ações acontecem com a utilização da mão de obra de apenados que já possuem portaria de trabalho e assim também reduzem a pena enquanto colaboram no combate ao coronavírus.

Além disso, uma parceria com o Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) possibilita a utilização de carros pipas com jatos de água para ampliar a efetividade da higienização. A mistura utilizada na desinfecção utiliza produtos como água sanitária, bicarbonato de sódio, vinagre de álcool e desinfetante.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, destacou que em todas as unidades da capital e do interior foram adotadas medidas de higienização para evitar a contaminação no ambiente prisional. “A desinfecção é realizada na parte interna dos presídios, nas guaritas, ruas e pavilhões, unidades de saúde e áreas internas das celas. Com isso, nós ampliamos as ações de combate ao coronavírus”, frisou.

Ele informou que a desinfecção é parte de um conjunto de medidas que vêm sendo adotadas pelo órgão desde o início da pandemia. “Nós temos como medidas a distribuição de equipamentos de proteção individual, orientações quanto aos cuidados e formas de prevenção contra o coronavírus tanto para servidores quanto para detentos e ações de identificação de possíveis casos suspeitos”, afirmou.

Neste artigo

plugins premium WordPress