fbpx



Caminhoneiros falam em greve dia 26; no AC ainda não há movimentação

O Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas prevê  que os camioneiros do país irão  parar a partir da segunda-feira, 26 de julho, Na pauta, os preços do diesel e a tabela do frete.

Sucessivas altas no valor do combustível alimentam a paralisação. No Acre, ainda não há movimentação da categoria.

A cena inflacionária e a possibilidade de crescimento baixo da economia não são boas  ao transporte. Em junho, a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) afirmou que este cenário pode realmente não ser favorável para o transportador.

“Para as empresas do setor, o impacto mais direto deve se dar na tomada de crédito com custo mais caro, dificultando investimentos em um período de crise global por conta da pandemia do novo coronavírus. Outro risco é a possível desaquecimento da economia, que potencialmente pode diminuir a procura pelas atividades e serviços do transporte, importante intermediário entre o produtor e o consumidor”.

 

Neste artigo