fbpx



Justiça do Trabalho realiza campanha por segurança no trânsito no Acre

A Justiça do Trabalho da 14ª Região (RO e AC), por intermédio da Comissão Regional do Trabalho Seguro, lançou na manhã do último dia 28 de maio, a campanha “Trabalho Seguro no Trânsito”, voltada para o setor de transporte, com foco nos motoristas de caminhões.

A campanha foi realizada nos postos de combustíveis de grande circulação de veículos pesados de 7 municípios dos Estados de Rondônia (Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena) e Acre (Rio Branco e Cruzeiro do Sul).

O tribunal escolheu o setor de transportes para a realização da campanha sobre trabalho seguro em razão do crescimento acentuado do número de acidentes tanto de pessoas diretamente envolvidas quanto de usuários nesse setor. Conforme informações do Portal do Trânsito e Mobilidade, que consolida dados do Ministério da Saúde, os acidentes de trânsito figuram como a segunda maior causa externa de morte no Brasil. De janeiro a março de 2020, antes da implementação das medidas de isolamento no país, o Brasil registrou 89.028 acidentes de trânsito. Houve 14,3 mil registros a mais que no mesmo período de 2019 (74.699).

Para a realização da campanha, magistrados e servidores atuaram voluntariamente na atividade de entrega de panfletos e banners com informações acerca da atenção e cuidado nas estradas e preservação da vida no trânsito.

O motorista carreteiro Wilson, que recebeu o material da campanha em Porto Velho/RO, disse que a campanha é um incentivo a motoristas e a empresas para o cumprimento do horário de circulação permitido pela legislação e outras regras da lei trabalhista que protegem a saúde do motorista. Para ele, o maior problema no trânsito hoje é ultrapassar o horário de atividade.

A Justiça do Trabalho em todo o país tem promovido uma série de iniciativas que visam ampliar o debate sobre a segurança no deslocamento ao trabalho. Para o Coordenador Regional do Programa Trabalho Seguro, o desembargador do Trabalho Francisco José Pinheiro Cruz, os números de acidentes de trabalho são crescentes no Brasil e, para a Justiça do Trabalho, reduzir estes casos é tão urgente quanto julgá-los.

De acordo com a juíza do trabalho Silmara Negrett, membro da Comissão Regional, o material distribuído durante a campanha é como se fosse um lembrete do filho(a) de pai caminhoneiro dizendo: “Pai, volte para casa vivo, dirija com cuidado”.

A Campanha Trabalho Seguro no Trânsito, que está alinhada às ações do Programa do Trabalho Seguro desenvolvido pelo TST e CSJT, também está sendo divulgada no transporte coletivo de Porto Velho/RO e Rio Branco/AC e entre os motoristas de transporte individual por aplicativos (carro e moto-taxi).

Neste artigo