fbpx



Procon alerta consumidores sobre aumento no preço de medicamentos

Com o aumento autorizado pelo governo federal à indústria farmacêutica, de até 10,08% nos preços dos medicamentos, a partir do dia 1º deste mês, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Acre (Procon/AC) recomenda que a população fique em alerta e pesquise antes de comprar.

Os reajustes foram aprovados pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão vinculado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e já podem ser aplicados pelas farmacêuticas. No entanto, cabe às empresas revendedoras definirem os novos preços.

“Anualmente, os preços de medicamentos são reajustados devido à inflação, além de outros indicadores do setor. Por meio do CMED e Anvisa, o governo federal estabelece o aumento máximo que esses produtos podem atingir no mercado brasileiro”, explica a diretora-presidente do Procon/AC, Alana Albuquerque.

A gestora informa que as equipes de fiscais da autarquia estão averiguando as farmácias e drogarias da capital. “Caso o consumidor constate reajuste em valores muito acima dos previstos, pode encaminhar denúncia ao Procon/AC, informando o preço pago anteriormente e o valor praticado a partir do dia 1º de abril”, disse.

O chefe de fiscalização do Procon/AC, Rommel Queiroz, esclarece que não é só no preço que o consumidor deve ficar atento. Na hora de economizar na compra de medicamentos, é preciso estar atento à data impressa na embalagem dos remédios, pois o preço abaixo do esperado pode indicar que o prazo de validade da mercadoria está próximo do vencimento.

“O consumidor também deve comparar os preços entre as diferentes farmácias, pois pode haver variações de valores entre estes fornecedores. E, mesmo adquirindo um remédio genérico, deve-se pesquisar os preços de diferentes laboratórios”, orienta.

Qualquer dúvida, reclamação ou denúncia pode ser feita ao Procon/AC pelos contatos telefônicos (68) 3223-7000 ou 151, de segunda a sexta-feira, das 8 às 13 horas, ou pelo e-mail: [email protected] ou acessando a plataforma online: consumidor.gov.br.

Os consumidores residentes no Vale do Juruá poderão receber orientações e efetivar reclamações ou denúncias por meio do Núcleo do Procon em Cruzeiro do Sul, enviando um e-mail para o endereço eletrônico: [email protected] , ou ligando para o número 3322-1330, das 7h30 às 13h30.

Neste artigo