fbpx



Com média móvel de mortes recorde, 46 entidades médicas pedem o uso de máscaras

Depois da  média móvel de mortes por Covid-19 bater recorde no Brasil neste sábado (27), 46 entidades médicas do país divulgaram um manifesto, neste domingo (28), pedindo para que a população utilize máscaras para conter a disseminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

“Máscaras são instrumentos eficazes para a redução da transmissão de vírus respiratórios e são preconizadas na atual pandemia para uso, não apenas por profissionais da saúde no cuidado de indivíduos com suspeita ou diagnóstico de COVID-19, mas por todos. O uso correto da máscara é a ação pessoal com efeito coletivo fundamental para diminuir a circulação do vírus da COVID-19 que assola o país neste momento”, diz a nota.

Na quinta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para questionar a eficácia do equipamento de segurança , utilizando como base um “estudo de uma universidade alemã” que, na verdade, ainda não foi verificado e trata-se de uma pesquisa online com pouco rigor . Para as entidades, direcionamentos contrários ao uso de máscaras “confundem e agravam a situação do país”.

Além do uso de máscaras, os médicos que assinam a nota pedem também outras medidas para conter a disseminação da doença , como “istanciamento físico, não compartilhamento de objetos de uso pessoal e a higienização das mãos”.

Yahoo

Neste artigo