fbpx



TRE enaltece papel da FAB no 1o turno das eleições no Acre

Com o pouso do helicóptero Black Hawk, da Força Aérea Brasileira (FAB), no aeroporto internacional de Rio Branco, na tarde dessa quinta-feira, 19, a Administração Superior do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE), representada pela sua presidente, desembargadora Denise Bonfim, e pelo seu vice-presidente e corregedor, desembargador Luis Camolez, deu por encerradas, no âmbito do Estado do Acre, as operações de apoio logístico das Forças Armadas para o primeiro turno das Eleições 2020.

Durante essa primeira fase do pleito, a aeronave da FAB, comandada pelo capitão Brito, foi utilizada para transportar materiais e mesários para as seções eleitorais instaladas em seringais e terras indígenas localizadas nos municípios de Sena Madureira (3ª ZE) e Assis Brasil (6º ZE).

Encerrada a primeira etapa das operações, a desembargadora-presidente Denise Bonfim destacou a “valorosa contribuição” das Forças Armadas, durante o 1º turno deste pleito, no que diz respeito à segurança do processo eleitoral, “cujo objetivo é garantir o livre exercício do voto”.

No mesmo diapasão, o vice-presidente e corregedor da Corte, mais uma vez, fez questão de, pessoalmente, agradecer aos militares envolvidos nas operações voltadas às eleições em terras acreanas, recepcionando-os nas bases finais das missões.

Para tanto, no início da tarde dessa quinta-feira, 19, o desembargador Luis Camolez foi até o aeroporto Plácido de Castro para saudar toda a tripulação do Black Hawk pelo “êxito da missão” e por sua importância maior, que é de transportar, com segurança, “os abnegados mesários”.

“Vou repetir o que falei, segunda-feira, ao capitão Adriano, comandante do helicóptero Pantera K2, do Exército Brasileiro, destacado na mesma missão, quando enfatizei a nobreza dessa tarefa confiada a vocês. A eleição só acaba quando todos os mesários, que os considero valorosos brasileiros, retornam em segurança as suas casas, pois são eles os primeiros que chegam e os últimos que saem de cada local de votação, sem importar qual difícil acesso”, disse o vice-presidente e corregedor ao capitão Brito, da FAB.

Ao se despedir da tripulação do Black Hawk, o desembargador Camolez asseverou sua satisfação de a data do encerramento das operações de apoio logístico das Forças Armadas para o primeiro turno destas eleições coincidir com a data alusiva à Bandeira do Brasil (19 de novembro). Na ocasião, o magistrado reverenciou esse que é um dos principais símbolos da Pátria, alinhando-o à “representatividade democrática do nosso País”.

Neste artigo